Produtor ganhador do Grammy, Detail é acusado de 15 agressões sexuais

por Brenda Borges

Na quarta-feira (05 de agosto), a ABC News informou que Detail havia sido preso enquanto ele enfrenta uma série de acusações adicionais de agressão sexual.

O produtor musical que já trabalhou com grandes nomes da música americana como Beyoncé, Wiz Khalifa, Jay-Z, Lil Wayne e Nick Minaj, já chegando a ganhar um Grammy com a co-produção do hit “Drunk In Love”, é acusado de mais de uma dezena de agressões sexuais.

Os processos contra Detail estão sendo apresentado nas justiça americana recentemente, porém já tem uma abertura de agressões desde 2010.

Detail é acusado de 15 agressões sexuais

O produtor musical Noel Fisher também conhecido pelo nome artístico de Detail,, foi preso na quarta-feira (05) por mais de 15 de acusações de abuso sexual, segundo informações do Departamento do Xerife do Condado de Los Angeles.

O produtor de 41 anos, já trabalhou com artistas como Jay-Z, Beyoncé, Wiz Khalifa, Nicki Minaj, Lil Wayne e muitos outros. E, foi vencedor do Grammy por seu trabalho com a cantora Beyoncé e o rapper Jay-Z.

Detail é considerado um músico e escritor respeitado na indústria da música, mas suas controvérsias fizeram com que muitos fãs deixassem ele de lado. Detail, nome verdadeiro Noel Christopher Fisher, foi condenado a pagar US $ 15 milhões a uma mulher no ano passado que o acusou de estupro e abuso.

Produtor Detail na premiação Grammy.

Produtor musical Detail na premiação do Grammy. (Foto: Reprodução/ Google).

Detail está sendo processado desde 2010

O produtor musical, estava sendo investigado por supostos incidentes ocorridos entre 2010 e 2018, disse o Lasd (sigla do Departamento do Condado de Los Angeles) em comunicado. O advogado de Detail, Irwin Mark Bledstein, não respondeu o pedido da Reuters para comentar sobre o caso imediatamente.

Neste ano, os detetives do Serviço Especial de Vítimas (SVB) submeteram o caso ao gabinete da Promotoria de Los Angeles para revisão.

O comunicado do Lasd informou que o gabinete da promotoria notificou os detetives no final de julho, dizendo que “15 acusações de agressão sexual e cinco acusações adicionais relacionadas a alegações criminais foram registradas contra Noel Christopher Fisher”.

O canal ABC News afirma que o produtor “foi acusado em 31 de julho por 15 acusações de agressão sexual e cinco por agressão criminosa”, e que os supostos crimes listados ocorreram “entre 2010 e 2018”.

Detail têm fiança de 6,3 milhões de dólares

O advogado do famoso Detail, declarou posteriormente que “o Sr. Fisher acabou de ser preso há algumas horas e não tive a oportunidade de falar com ele ou examinar as acusações. Estou certo de que ele fará uma declaração de inocência e contestará ao máximo todas essas alegações “.

Seis mulheres apresentaram acusações contra o premiado produtor, duas das quais já trabalharam como assistentes dele. Detail já apresentou documentos judiciais negando as acusações contra ele. Ele também afirma que as acusações “falsas” fizeram com que ele fosse despejado e perdesse oportunidades de trabalho.

“Com base na natureza das alegações, os detetives acreditam que pode haver outras vítimas em potencial e estão buscando ajuda do público na identificação de tais vítimas”, disse o Lasd. Um mandado de prisão foi emitido com uma fiança de 6,3 milhões de dólares, segundo o documento.

Related Articles

Deixe seu comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia Mais