fbpx

Fátima Bernardes retorna ao Encontro e vai às lágrimas: “Vale a pena lutar para ficar viva”

por Mozuka Braga

Fátima Bernardes retornou ao palco do Encontro na manhã dessa segunda-feira, 04. A apresentadora da Globo ficou um pouco menos de um mês afastada da televisão para se submeter a uma cirurgia de retirada de um câncer no útero.

Para seu retorno foi preparada uma poesia escrita especialmente para a ocasião. O poeta Bráulio Bessa que é integrante do Encontro preparou a homenagem. Fátima Bernardes ficou emocionada e também chorou quando citou a morte de uma funcionária muito próxima que não resistiu e perdeu a luta para o coronavírus. Vem saber o que rolou e o que a apresentadora disse em seu retorno.

Fátima Bernardes Volta ao Seu Encontro na Globo

Ela voltou para o palco e seu público estava com muita saudade e um tanto quanto preocupado. Mas ela esbanjou saúde, simpatia e emoção. Foi assim o retorno de Fátima Bernardes ao Encontro da Globo.

Fátima foi recebida com muito carinho pela sua equipe, tanto aqueles que estão trabalhando nos Estúdios Globo, como também aqueles que estão trabalhando de casa que fizeram uma big chamada de vídeo.

Fátima Bernardes foi diagnosticada com câncer no útero em fase inicial. O tumor foi descoberto depois de uma bateria de exames preventivos que a apresentadora do Encontro faz todos os anos e aconselha a todo seu público a fazer também.

Eu realmente me cuido, mas também tive muita sorte do olhar atento da minha médica, porque eu não tinha nenhum sintoma além do leve espessamento do endométrio. Vale a pena você investir e lutar pra ficar viva.

Fátima Bernardes também destacou o apoio incondicional dos filhos e do namorado Túlio Gadelha que está com ela desde o dia do diagnóstico. A apresentadora também lembrou que para o seu único filho deve ter sido mais difícil, já que ele havia embarcado há pouco tempo para estudar na França.

Eu tive essa enfermagem de luxo, que é as minhas filhas que estavam aqui. O meu filho estava fora, então deve ter sido mais difícil pra ele. Túlio está comigo desde o início, desde que eu fui à médica dia 2, os meus pais também. Faz muita diferença, muita diferença você ter o olhar do ‘vai dar certo’, ‘já deu tudo certo’. Mas eu fico pensando que não deve ter sido fácil pra minha mãe. Minha irmã também teve câncer, então você fica imaginando como é pra uma mãe.

Fátima Bernardes e emociona em dois momentos no Encontro da Globo (Montagem: Reseller Web)

Fátima Bernardes e emociona em dois momentos no Encontro da Globo (Montagem: Reseller Web)

Homenagens e Lágrimas

Ainda durante o encontro Fátima Bernardes não segurou a emoção em estar de volta. A apresentadora recebeu uma poesia emocionante do amigo e colega de programa o poeta Bráulio Bessa. O poema fala sobre a importância e a necessidade de recomeço.

Esse foi um dos momentos em que Fátima Bernardes ficou emocionada e lembrou que mais de 190 mil brasileiros não terão essa oportunidade de recomeço.

Eu notei outra coisa que mudou, tô mais chorona. Eu sempre me seguro mais. Enquanto ele estava falando, eu lembrei de uma coisa que eu pensei muito durante esse período. Além de ter essa sensação de que você tá tendo algo que outras pessoas não têm, que é a chance da cura -eu não ia falar nisso, porque eu sabia que ia chorar, mas como já chorei-, eu fiquei muito angustiada com todas as notícias da Covid-19, porque você acaba fazendo uma cirurgia e acaba ficando com a imunidade mais baixa. O medo dessa doença fica um pouco maior.

Olhar a quantidade de pessoas morrendo por conta dessa doença, e as outras com câncer que não tão conseguindo ter atendimento porque tão com medo de irem até o hospital, adiando exame, me deixou angustiada.

Seguindo com o Tratamento

Ainda no Encontro com Fátima, a apresentadora lembrou de uma funcionária que morreu após contrair Covid-19: “Ela sempre chegava em casa muito cedo, e eu dizia que não precisava, porque eu tomo café aqui [na Globo], mas ela fazia questão de fazer um café de coador pra eu tomar antes de sair. E hoje fez muita falta esse café.”

Fátima Bernardes terá que fazer exames a cada três meses mas por enquanto não precisará fazer quimioterapia ou radioterapia. A apresentadora também ressaltou que não tem vocação para a tristeza.

Quando o Bráulio fala em recomeço, não tenho como não pensar que muitas pessoas não vão ter a chance de recomeçar assim como eu. Nessas horas eu penso que eu não tenho direito de estar derramando lágrimas, lamentando, eu tenho que estar feliz. Eu não tenho vocação tristeza, eu tenho vocação pra construir coisas boas.

Related Articles

Deixe seu comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia Mais