Melody Thomas Scott releva ter sido abusada em frente a avó: “Não sou capaz de perdoar”

por Brenda Borges

A atriz norte-americana Melody Thomas Scott, famosa por sua atuação na conhecida novela “The Young And The Restless“, revelou não conseguir perdoar a avó, que já faleceu, por acobertar abusos sexuais contra ela quando era criança.

Em entrevista ao site americano PageSix, conectado ao jornal New York Post, Melody contou que os abusos eram feitos por um homem, que também já morreu, de uma companhia de teatro, na qual ela fazia parte quando criança.

Hoje aos 64 anos e dona de um extenso currículo entre filmes e produções na TV, Melody Thomas Scott expôs a experiência traumática vivida por ela aos 4 anos em sua autobiografia, que está para ser estreada nas livrarias dos Estados Unidos, ‘Always Young and Restless’.

Melody sofreu o primeiro abuso aos 4 anos

Melody Thomas Scott começou sua carreira como atriz ainda criança, quando foi dirigida pelo cineasta Alfred Hitchcock em ‘Marnie, Confissões de uma Ladra’ (1964). Depois ela ainda trabalhou em filmes como ‘O Estranho que Nós Amamos’ (1971), ‘Piranha’ (1978) e ‘A Fúria’ (1978). Ela atua na novela The Young And The Restless desde 1979.

Em seu livro, a atriz conta como foi criada pela avó, sua guardiã legal durante grande parte da vida. Quando tinha 4 anos ela conseguiu um trabalho no Hollywood Children’s Theater, em Los Angeles, administrado por homem chamado Cosmo Morgan.

Melody relata que o dono do teatro exigia que as crianças tivessem aulas privadas semanais com ele, quando ocorriam os abusos. Ela disse que a avó dela esteve presente em algumas das aulas, às vezes sentada ao lado dela, mas ignorava os abusos.

A atriz Melody Thomas Scott jovem.

A atriz Melody Thomas Scott jovem. (Foto: Reprodução/ Google).

“Não sou capaz de perdoar ela’, desabafa

“Lembro quando comecei, aos 4 anos, e já sabia que aquilo era errado”, conta a atriz. “A minha avó estava sentada a 1,5 m, eu olhava para ela com os meus olhos repletos de dúvidas. ‘Você está vendo isso? Você não vai fazer nada?’. E ela nunca fez nada”.

Hoje em dia, Melody Thomas Scott disse que não foi, e ainda não é, capaz de perdoar a avó, anos após sua morte, por acobertar os abusos cometidos por aquele homem da companhia de teatro, que segundo relatos da atriz, pedia para que ela ficasse sentada em seu colo de forma maliciosa.

Scott conta que os abusos continuaram ao longo dos anos: “Eu não estava pronta para isso antes dela morrer e continuo sem saber se ainda estou, porque ela foi uma cúmplice daquilo e isso é maligno. Você não pode deixar isso acontecer com uma criancinha”.

Melody Thomas Scott estreia sua autobiografia em Agosto

A atriz diz acreditar que avó sofria de alguns distúrbios psicológicos, nunca diagnosticados: “Acredito que ela seria diagnosticada com transtorno bipolar, além de outras coisas. Ela acreditava que valia qualquer coisa em busca do sucesso, para ela era tudo perfeitamente aceitável”.

Segundo a atriz, sua avó era uma pessoa “excessivamente ambiciosa” e que acreditava que qualquer expediente poderia ser tomado para um rápido sucesso profissional.

Capa do livro autobiográfico de Melody Thomas Scott.

Capa do livro autobiográfico de Melody Thomas Scott. (Foto: Reprodução/ Google).

Melody Thomas Scott está prestes a lançar um livro sobre sua carreira nos Estados Unidos. Intitulado “Always Young and Restless”, a publicação deve estar disponível nos EUA a partir da próxima terça-feira (18), e atriz está fazendo a divulgação em suas redes sociais.

Related Articles

Deixe seu comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia Mais