fbpx

Whindersson Nunes – Da infância humilde ao triunfo no Youtube

por Brenda Borges
Publicado: Última atualização em

Nascido no Piauí, Whindersson Nunes é um comediante e youtuber brasileiro. Em 2017 ele foi considerado a primeira celebridade mais influente do Brasil.

O youtuber ficou famoso na internet em 2012, com a paródia “Alô vó, tô reprovado”. Em 2013 já possuía a marca de mais de 34 milhões de inscritos, sendo o dono de um dos maiores canais brasileiros do Youtube.

Além do trabalho na internet, Whindersson já gravou um EP, trabalhou como apresentador, comediante, participou de filmes e até de clipes.

A infância humilde e pobre de Whindersson

Whindersson Nunes Batista mais conhecido pelo nome artístico de Whindersson Nunes, é o terceiro filho de Hildebrando Sousa Batista e Valdenice Nunes, nascido na cidade de Palmeira do Piauí, porém cresceu em Bom Jesus, ainda no estado do Piauí.

De uma origem humilde, sua família já enfrentou diversos problemas financeiros, chegando ate que mudar de endereço na cidade mais de vinte vezes.

Em entrevistas e até mesmo em seu próprio canal, Whindersson conta que, apesar dos irmãos estudarem na mesma escola, um estudava de manhã enquanto os outros iam de tarde de modo que, quando o primeiro chegasse em casa, pudesse entregar os tênis e o material escolar para o irmão que iria em seguida.

O início sem sucesso no Youtube

Com apenas quinze anos de idade, decidiu que queria dedicar-se a fazer vídeos para a plataforma do Youtube, a princípio seus vídeos tinham poucas visualizações e seu canal poucos acessos. Whindersson tentou por diversas vezes fazer com que o seu canal fosse reconhecido, porém, não obteve o sucesso imediato.

Após um tempo sem postar vídeos, retornou a plataforma postando uma quantidade maior de vídeos e conseguindo receber mais visualizações, foi quando lançou a paródia Alô vó, tô reprovado, sua versão da canção “Alô, vó, tô estourado”, em 2012.

Alcançando a marca de cinco milhões de visualizações em uma semana, a paródia se transformou seu primeiro viral.

Whindersson tem seu canal hackeado e excluído

Whindersson Nunes se mudou para Teresina, Piauí, onde não tinha onde morar, foi convidado então pelo também youtuber e seu amigo Bob Nunes, para viver com ele e sua família em um bairro da zona norte da cidade.

A partir disso, seu canal começou a crescer rapidamente, porém em janeiro de 2013, o canal foi hackeado e excluído. Após esse fato, Whindersson criou o canal no qual é conhecido atualmente, já tendo alcançado a marca de mais de 34 milhões de inscritos.

Seu canal, atualmente, conta com mais de 39,9 milhões de inscritos, mais de 3 bilhões de visualizações e mais de trezentos vídeos. O youtuber traz a seu público um conteúdo variado que inclui vlogs, críticas de filmes, paródias e músicas autorais.

O jeito simples e bem humorado de Whindersson

A marca registrada de Whindersson Nunes em seus vídeos, além do bom humor, é a simplicidade na edição, cenário e figurino usados pelo youtuber, que quase sempre grava seus vídeos sem camisa em um quarto bagunçado, sem qualquer tipo de edição além dos cortes.

O youtuber Whindersson Nunes durante um de seus vídeos.

O youtuber Whindersson Nunes durante a gravação de um dos seus vídeos. (Foto: Reprodução/ Google).

Sempre iniciando seus vídeos dançando músicas internacionais remixadas com o gênero tecnobrega, além de seu bordão conhecido, “E aí, galerinha que assiste meu canal, tudo bem com vocês?”, retratando com humor assuntos do seu dia-a-dia e de sua infância.

Seu canal atualmente é o segundo no Youtube mais influente, conforme a pesquisa feita pela Snack Intelligence. O vídeo mais assistido de Whindersson Nunes é seu show de stand-up Proparoxítona realizado no Rio de Janeiro, tendo mais de 81,8 milhões de visualizações e 4,2 milhões de likes.

Whindersson Nunes: o brasileiro mais influente

Whindersson Nunes, além de trabalhar com o Youtube, também faz como ator e stand-up. Já fez parte do elenco do filme brasileiro Os Penetras 2, junto com grandes nomes do humor como Marcelo Adnet e Eduardo Sterblitch, e o elenco do filme Internet – O Filme, junto com outros grandes youtubers. Além de participar de vários programas como Altas Horas, O Programa da Maisa, Conversa com Porchat e no Multihow.

O canal de Whindersson no Youtube alcançou em 2016 a marca de 10 milhões de inscritos, com esse total de números, ele se tornou o segundo canal com mais inscritos no Brasil, ficando atrás apenas do canal Porta dos Fundos.

Ultrapassando o canal três meses depois e se tornando o maior canal do Brasil. Ainda no mesmo ano, saiu uma publicação na revista Veja realizando uma pesquisa em junho pela Snack Intelligence, a divisão da rede Snack de canais no YouTube que monitora e analisa o mercado audiovisual digital

Nessa pesquisa Whindersson foi considerado o segundo youtuber mais influente do mundo, ficando atrás apenas do sueco Felix Arvid Ulf Kjellberg, popularmente conhecido no meio digital por PewDiePie.

Além disso, uma pesquisa divulgada pelo Google, feita em parceria pelas consultorias Provokers e Meio&Mensagem, revelou que Whindersson é a segunda personalidade brasileira mais influente entre os jovens de 14 a 17 anos no Brasil, atrás somente de Luciano Huck.

O conturbado relacionamento com Luísa Sonza

Whindersson Nunes começou um relacionamento com a cantora Luísa Sonza em março de 2016, após dois anos de namoro o casal resolveu trocar as alianças em uma cerimônia civil e religiosa.

Mesmo casados, a relação do casal sempre foi pauta nas redes sociais e com o grande sucesso de Luísa como cantora, muitos internautas a acusavam de estar com Whindersson apenas por interesse. Foram inúmeras vezes, que o youtuber saiu em defesa da esposa e das acusações feitas contra ambos.

Em abril de 2020, o casal anunciou em suas redes sociais o fim do casamento. Logo depois do anuncio, muitos fãs do youtuber e internautas começaram a atacar a cantora em suas redes sociais.

Luísa Sonza e Whindersson Nunes anunciam término.

Foto utilizada por Whindersson e Luísa para anunciar o fim do casamento. (Foto: Reprodução/ Google).

O ataque se tornou mais intenso depois de Luísa Sonza lançar uma música em parceria com o cantor Vitão e surgir rumores de um possível envolvimento amoroso. Whindersson Nunes mais uma vez saiu em defesa da ex-companheira em suas redes sociais e pediu para que as pessoas parassem de ataca-lá em seu trabalho e que a relação dos dois era apenas assunto deles.

Whindersson Nunes e a depressão em 2019

Em 2019, o youtuber deixou de trabalhar durante quatro meses para iniciar um tratamento contra depressão. Em uma entrevista feita para a TV E Famosos, do Uol Whindersson Nunes declarou que uma das causas para o agravamento de sua depressão foi o fato de ter presenciado a situação da pobreza na cidade de Beira, em Moçambique, local no qual fez um show. A região tinha sido atingida pelo ciclone Idai.

“Essa foi uma das coisas que fez eu ficar mal no momento da depressão que foi justamente quando voltei da cidade de Beira, lá em Moçambique. Fiz até um show em Maputo e não consegui nem trazer esse dinheiro, eu pensava tanto que eu falava: ‘não tem condição de levar isso do povo, pelas coisas que vi’. Fiquei pensando nisso. Vi muito extremo.

No Brasil tem miséria, muita gente pergunta por que vai fazer isso lá fora se no Brasil também tem? Vejo que aqui ainda tem uma comida, de lá é aterrorizante. Não quero dar só o que me resta, quero ser uma pessoa que faz alguma coisa.” -, finalizou Whindersson Nunes.

Whindersson tem sucesso estrondoso com shows de stand-up

Whindersson Nunes alcançou, na madrugada de março de 2018, a marca de 28 milhões de inscritos, sendo assim o 4º maior canal do mundo em número de inscritos.

Porém atualmente, é o segundo maior canal brasileiro contando com mais de 39 milhões de inscritos ficando atrás apenas do canal do produtor KondZilla com 57 milhões de inscritos.

Whindersson, além de produzir vídeos, também faz shows de stand-up por todo Brasil. Começou em 2013 no espetáculo “Standapiando”, produzido pelos amigos Rhony Amaral e Bruno Lima.

Whindersson Nunes durante a gravação de seu show em Campo Grande.

Whindersson Nunes durante a gravação de seu show “A volta do que não foi”, em Campo Grande.(Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal).

No período entre 2015 e 2016, ele fez o espetáculo Marmininu com pouco mais de um ano e meio, e já possui números consideráveis, atingindo mais de cem mil espectadores, chegando a fazer até seis sessões por dia.

Atualmente, ele faz o stand-up “Proparoxítona”. Mesmo em pouco tempo de espetáculo, o show já o levou para o exterior, mais precisamente Portugal, nas cidades de Braga e Lisboa com um grande número de espectadores. Em março de 2020, cancelou a turnê de shows nos Estados Unidos, devido a Pandemia de COVID-19.

Related Articles

Deixe seu comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia Mais