fbpx

Corujão I Eu Sou o Número Quatro Hoje 18/09/2020

por Brenda Borges
Publicado: Última atualização em

Eu Sou o Número Quatro (I Am Number Four) é um filme estadunidense de 2011, uma ficção científica dirigida por D. J. Caruso e estrelada por Alex Pettyfer, Dianna Agron, Timothy Olyphant, Teresa Palmer, Kevin Durand e Callan McAuliffe.

O filme é baseado no livro de mesmo nome, com roteiro adaptado por Al Gough, Miles Millar e Marti Noxon. Foi produzido por Steven Spielberg e Michael Bay.

Eu Sou o Número Quatro teve uma recepção mista para negativa por parte da crítica especializada. Com base de 30 avaliações profissionais, alcançou uma pontuação de 36% no Metacritic.

Sinopse Corujão I Eu Sou o Número Quatro

Nove jovens alienígenas, que se parecem muito com humanos, saem de seu planeta-natal, Lorien, que está ameaçado, para se esconder na Terra. Os Mogadorianos são a espécie invasora responsável pela destruição de Lorien e decidem perseguir os sobreviventes até o planeta Terra.

Cada um dos nove alienígenas tem um número e só podem ser mortos na sequência certa. Até agora, Um, Dois e Três já foram mortos. O número Quatro (Alex Pettyfer), conhecido entre os humanos como John Smith, disfarça-se de estudante colegial.

Na escola, conhece Sarah Hart (Dianna Agron), uma doce garota que sonha ser fotógrafa. Após fugir durante toda a sua vida, John se apaixona por Sarah e agora tem um motivo para parar de fugir.

Corujão II de Hoje

Para quem gosta de um bom filme de drama nacional, o Corujão II de Hoje vai animar sua madrugada com o filme, Querida Mamãe (2017).

Heloísa é uma médica que sofre de infelicidade crônica, tendo problemas com o marido e com a própria mãe. Após se separar, ela conhece no hospital em que trabalha a pintora Leda, que sofreu um acidente de carro.

Grata pelo atendimento, Leda deseja pintar um quadro da médica, que aceita a proposta e, ao visitar o ateliê, se envolve com a pintora. Mas, por mais que o novo relacionamento deixe Heloísa bem mais feliz, ela precisa lidar com o preconceito tanto de sua mãe quanto da própria filha.

Related Articles

Deixe seu comentário

* Ao utilizar este formulário concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Assumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Leia Mais